Busca
                                                   Home  |  Fale Conosco 
» Canais

 

 

 

 

 

Notícias - Adamantina


Atualizado em 10-10-2018 as 10:14:46

Adamantina recebe parecer positivo da ANEEL em projeto de eficiência energética


O Projeto Piloto do Programa de Eficiência Energética através da Compostagem de Resíduos de Poda Arbórea Urbana em Adamantina recebeu parecer positivo da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).
 
Os projetos dessa modalidade têm por finalidade o desenvolvimento de projetos promissores, inéditos, inovadores, incluindo pioneirismo tecnológico e/ou metodológico, buscando experiência para ampliar, posteriormente sua escala de execução, pois buscam consolidar tecnologias e/ou práticas de eficiência energética por meio da aplicação inicial em pequena escala.
 
O Projeto Piloto do Programa de Eficiência Energética por meio da Compostagem de Resíduos de Poda Arbórea Urbana em Adamantina objetiva alinhar a agricultura sustentável mais balanço energético positivo com a diminuição do lixo urbano produzido na cidade.
 
A compostagem tem a função de eliminar parte do problema dos resíduos sólidos urbanos, evitando o acúmulo em aterros ou lixões. 
 
O secretário de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente de Adamantina, Emerson Baptiston, explica que a pretensão do projeto é aproveitar os resíduos da poda de árvores e os resíduos orgânicos das cantinas das escolas públicas de Adamantina, para transformá-los em fertilizantes que serão doados à população, por meio do programa Agricultura Familiar.
 
A UniFai é parceria da Prefeitura no projeto, por meio dos projetos de pesquisa, ensino e extensão, com o envolvimento do corpo docente e discente.
 
“A UniFai vai nos auxiliar no desenvolvimento das biotecnologias que serão empregadas na melhora da qualidade da compostagem e de sua aplicação para que possamos obter bons resultados junto aos agricultores familiares de nossa região”, explica Baptiston.
 
Ainda segundo o secretário, existe ainda a possibilidade de melhorar os indicadores de qualidade de serviços DEC e FEC, quanto à satisfação do cliente no fornecimento de energia refletido em um alto custo tanto na manutenção das redes, quanto na poda das árvores e da destinação dos resíduos.
 
A duração prevista do projeto é de 24 meses. O valor aprovado pela ANEEL foi de R$677.800,00 mil para custear equipamentos, materiais, mão de obra própria, mão de obra de terceiros, transporte, administração própria, marketing, treinamento e capacitação, medição e verificação e outros custos.
 
Para o prefeito Marcio Cardim, é mais um projeto elaborado pela equipe da prefeitura e Unifai que obtém aprovação. “Isso mostra que estamos no caminho certo. Administrar não é só aplicar corretamente os recursos advindos dos impostos da população, mas também buscar soluções para os problemas do município por meio de participação em editais públicos, onde acredito que estamos fazendo a diferença”, finaliza.
 
Ass. de Imprensa/Prefeitura
 




Últimas notícias

Desenvolvido por - Evolução Web - www.evolucaoweb.com.br
Copyright - FOLHA REGIONAL - PORTAL DE ADAMANTINA - Todos os direitos reservados