Busca
                                                   Home  |  Fale Conosco 
» Canais

 

 

 

 

 

Notícias - Adamantina


Atualizado em 13-09-2018 as 14:45:17

Alunos de Engenharia Civil da UniFAI estudam abrir Núcleo dos “Engenheiros Sem Fronteiras - Brasil”


Os alunos do curso de Engenharia Civil do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), participaram na última terça-feira, 11, de uma palestra ministrada pela Organização Não Governamental (ONG), Engenheiros Sem Fronteiras Brasil (ESF).
 
Trata-se de uma ONG independente, que desenvolve projetos nas áreas de educação, gestão e empreendedorismo, infraestrutura, sustentabilidade e engajamento social, em busca de melhorar a qualidade de vida das comunidades e dos indivíduos.
 
A palestra teve como intuito apresentar os trabalhos realizados pela ONG e tirar as dúvidas dos alunos, uma vez que os futuros engenheiros civis da UniFAI estudam abrir núcleo do ESF - Brasil em Adamantina. 
 
“Acredito que a abertura do núcleo dos Engenheiros Sem Fronteiras na cidade de Adamantina possa impactar muitas pessoas, pois usam o que a Engenharia tem a oferecer a sociedade, não apenas de forma assistencial, mas no exercício de metodologias práticas que afetam de forma positiva o desenvolvimento da cidade e do restante do país. Dessa forma podemos contribuir com o desenvolvimento construtivo e sustentável,” destacou Franciele Líbero, aluna do 6º termo.
 
A abertura do núcleo está prevista ainda para 2018. “É uma iniciativa maravilhosa, além da oportunidade de colocar os conhecimentos em prática, tem toda uma questão social, onde se tenta fazer o possível para trazer uma melhoria ou benefícios para as pessoas mais necessitadas”, enfatizou Victor Servantes, aluno do 6° termo.
 
Com o ESF - Brasil, os alunos poderão colocar em prática aquilo que foi aprendido durante a faculdade, fazendo ainda, um trabalho voluntário e auxiliar as entidades da nossa cidade.
 
Engenheiros Sem Fronteiras – Brasil
Atualmente conta com 64 polos espalhados no país, sendo que, 10 deles no Estado de São Paulo. O projeto é voltado para atender comunidades carentes ou atingidas por catástrofes. Obras de saneamento, construções de pontes e estradas e viabilização de infraestrutura para levar iluminação e eletricidade às localidades mais necessitadas estão entre as missões do ESF - Brasil.
 
ESF - Brasil conta com engenheiros graduados, que atuam voluntariamente como orientadores, e têm atraído muitos estudantes de engenharia. A maioria pertence aos cursos de Engenharia Civil, de Produção, Agrícola, Ambiental e Elétrica.
 
Os profissionais e estudantes envolvidos se dedicam ao Engenheiros Sem Fronteiras em horários alternativos. Não há remuneração e a ESF opera como uma Organização Não Governamental. A captação de recursos para as atividades do grupo vem de uma política de parcerias e entidades de classe, empresas privadas e outras ONGs.
 
Por Jesana Lima/Colaborou: Prof. Dr. Bruno do Vale Silva
 




Últimas notícias

Desenvolvido por - Evolução Web - www.evolucaoweb.com.br
Copyright - FOLHA REGIONAL - PORTAL DE ADAMANTINA - Todos os direitos reservados